Corpo, Videogame e Constituição de Conhecimento Matemático: um estudo com Xbox Kinect

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37001/ripem.v10i3.2687

Palavras-chave:

Educação Matemática, Interface Natural do Usuário, Realidade Virtual, Merleau-Ponty

Resumo

Esta pesquisa objetiva investigar como se mostra a constituição do conhecimento matemático com o estudo dos movimentos corporais realizados por estudantes que jogam o game Sports Rivals,do videogame Xbox One com Kinect (sensor de movimento corporal). Quatro alunos do primeiro ano do Ensino Médio participaram da proposta. Para alcançarmos nosso objetivo, a pesquisa se ancorou em eixos teóricos para compreender qual relação do corpo com a constituição do conhecimento matemático e a utilização de Tecnologias Digitais (TD). Assim, a tecnologia permeia a pesquisa começando com a escolha do recurso, o planejamento dos encontros para a produção dos dados e formas de pensar que os estudantes revelam. Nesse artigo, é apresentada uma das formas de se mostrar a constituição do conhecimento matemático, sendo “Pela expressão da percepção do movimento de outro corpo” o modo pelo qual os participantes expressam percepções dos movimentos do outro, refletindo matematicamente sobre isso. Esse fato permite que o seu próprio movimento se faça como repetição do que foi visto, havendo intuitivamente a ação de criar modelos para teste de movimento e aperfeiçoamento desse. A percepção se realiza nesse encontro ver-visto do corpo do outro e nesse processo a constituição do conhecimento se mostra com os atos de ser-com-TD, pensar-com-TD e saber-fazer-com-TD percebendo o corpo como atuante em todo o processo de constituição do conhecimento matemático.

Referências

Alves, R. de S., Araújo, J. O. A& Madeiro, F. (2012).AlfabetoKinect: Um aplicativo para auxiliar na alfabetização de crianças com o uso do Kinect. In.: S. W. M. Siqueira& R. M. E. M. da Costa (Eds.). Anais do 23º Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE) (pp. 1-5). Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Computação – SBC. //dx.doi.org/10.5753/cbie.sbie.2012.%25p

Araújo, H. S. N. (2014).Utilização do Kinect no apoio ao ensino/ aprendizagem dos fundamentos da Matemática.Dissertação (Mestrado em Engenharia Informática) - Instituto Politécnico do Porto, Porto.

Ávila, C. S. de. (2016). Videogame na escola: a utilização do videogame Xbox e o sensor de movimentos kinect como recurso didático e estímulo ao processo de aprendizagem nas aulas de Educação Física. Revista Didática Sistêmica, 17(1), 38–50. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5897

Bicudo, M. (2010). Filosofia da Educação Matemática segundo uma perspectiva fenomenológica. In Filosofia da educação matemática: Fenomenologia, concepções, possibilidades didático-pedagógicas (pp. 23-48). São Paulo: SciELO – Editora UNESP. RetrievedJanuary 22, 2021, from http://www.jstor.org/stable/10.7476/9788539304370.5

Bicudo, M. A. V. & PAULO, R. M. Um estudo fenomenológico sobre a compreensão da geometria. In: A. P. P.Baumann, R.Miarka, F.Mondini, B.Lammoglia& M. C.Borba (Orgs.) Anais deMaria em Forma/Ação. (p. 243 - 254). Rio Claro: IGCE.

Bicudo, M. A. V. & Rosa, M. (2010).Realidade e Cibermundo: horizontes filosóficos e educacionais antevistos. Canoas: Editora da Ulbra.

Bicudo, M. A. V. &Silva, A. A. (2018). Análise de descrição de vivências em situações de constituição de conhecimento. In: A. P. Costa, M. C. Sánchez-Gómez&M. V. M. Cilleros (Orgs.). A prática na investigação qualitativa: exemplos de estudos(v. 2, pp.153-178). Aveiro: Editora Ludomedia.

Dias, D. A. &Zorzal, E. R. (2013). Desenvolvimento de um jogo sério com realidade aumentada para apoiar a Educação Ambiental. In: P. N. Mustaro& R. Nakamura (Eds.)Proceedings do XII Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital (SBGames)(pp. 65-68). São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie. Disponível em: https://www.sbgames.org/sbgames2013/proceedings/workshop/WorkshopVAR-18_Full.pdf. Acessoem: 10 jan. 2021.

Farsani, D. (2015). Deictic gestures as amplifiers in conveying aspects of mathematics register. CERME 9 - Ninth Congress of the European Society for Research in Mathematics Education(pp.1382-1386). Prague: Charles University in Prague, Faculty of Education. ⟨hal-01287668⟩

Ferreira, M. J. A. (2019). A Constituição e a Produção do Conhecimento Matemático ao Ser-com o computador. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro.

Goldenberg, M. (2004). A arte de pesquisar. 8. ed. Rio de Janeiro: Record.

Lipp, M. K.,Mossmann, J. B. & Bez, M. R. (2014).Desenvolvimento de objetos de aprendizagem para a matemática utilizando o dispositivo de NUI LeapMotion. CINTED-UFRGS - Novas Tecnologias na Educação. Porto Alegre,12 (2) 1-10. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/53454/33011 Acesso em: 10 jan. 2021.

Merleau-Ponty, M. (2011).Fenomenologia da percepção. ed. trad. Carlos Alberto Ribeiro de Moura. São Paulo: Martins Fontes.

Neves, I., Alves, L. & Gonzales, C.(2015). Jogos digitais nas classes hospitalares: desbravando novas interfaces. In: H. V. Telles&R. Ramos (Orgs.)Anais do XI Seminário SJEEC. Jogos eletrônicos, educação, comunicação (pp. 52-61).Salvador: UNEB. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/sjec/issue/view/92 Acesso em: 10 jan. 2021.

Pedrosa, D. C. (2016) Jogo digital educativo envolvendo matemática pré-escolar para crianças usando interface natural do usuário. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.

Pedrosa, D. C.,Mustaro, P. N.&Lopes, P. B. (2016). Jogo digital educativo com interface natural do usuário: proposta para aprendizagem de rudimentos matemáticos para crianças não alfabetizadas. In: C. R. Brito &M. M. Ciampi(Orgs.) Proceedings of XIV International Conference on Engineering and Technology Education (pp.152-157).Salvador: Science and Education Research Council, COPEC - INTERTECH.Disponívelem: https://copec.eu/congresses/intertech2016/proc/works/34.pdfAcessoem: 10 jan. 2021.

Pinheiro, J. M. L. (2018)O movimento e a percepção do movimento em ambientes de Geometria Dinâmica. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro.

Rosa, M. (2008). A construção de identidades online por meio do Role Playing Game: relações do ensino e aprendizagem de matemática em curso a distância. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.

Rosa, M. (2015). Cyberformação com Professores de Matemática: interconexões com experiências estéticas na cultura digital. In: M. Rosa, M. A. Bairral &R. B. Amaral. Educação Matemática, Tecnologias Digitais e Educação a Distância: pesquisas contemporâneas(p. 57-93). São Paulo: Editora Livraria da Física.

Rosa, M. (2018). Tessituras teórico-metodológicas em uma perspectiva investigativa na Educação Matemática: da construção da concepção de Cyberformação com professores de matemática a futuros horizontes. In: A. M. P. de Oliveira & M. I. R. Ortigão (Orgs.). Abordagens teóricas e metodológicas nas pesquisas em Educação Matemática[livro eletrônico] (p. 255-281).Brasília: SBEM. Disponível em: http://www.sbem.com.br/files/ebook_.pdf Acesso em: 10 jan. 2021.

Rosa. M.; Bicudo, M. A. V. (2019). Focando a constituição do conhecimento matemático que se dá no trabalho pedagógico que desenvolve atividades com tecnologias digitais. In: R. M. Paulo, I. C. Firme & C. C. Batista (Orgs.). Ser professor com tecnologias: sentidos e significados. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2019. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/332652391_Focando_a_constituicao_do_conhecimento_matematico_que_se_da_no_trabalho_pedagogico_que_desenvolve_atividades_com_tecnologogias_digitais Acesso em: 29 mar. 2020.

Seidel, D. J. (2013). O professor de matemática online: percebendo-se em Cyberformação. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Ciências e Matemática), Universidade Luterana do Brasil, Canoas.

Seidel, D. J. & Rosa, M.(2014).Possibilidades da percepção fenomenológica nos procedimentos investigativos da pesquisa qualitativa em Educação Matemática. Educ. Mat. Pesq, 16 (2), 407-428.

Souza, C. D. B. (2020). O que não tem remédio, remediado está. Instagram, 12 abr. 2020. Disponível em <https://www.instagram.com/p/B-4LcwAgiow/?igshid=rierrj7ki9f3> Acesso em: 13 abr. 2020.

Vivendo em um sonho (2013). Grey’sAnatomy [seriado](temporada 12, episódio 9). Direção: Rob Hardy. Produção ABC Studios, ShondaLand, The Mark Gordon Company. 43min 14s.

Publicado

2020-09-01

Como Citar

Silva, C. A. da ., & Rosa, M. (2020). Corpo, Videogame e Constituição de Conhecimento Matemático: um estudo com Xbox Kinect. Revista Internacional De Pesquisa Em Educação Matemática, 10(3), 45-69. https://doi.org/10.37001/ripem.v10i3.2687

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>