Literatura Infantil e a Dupla Narrativa Verbal e Visual: como estas inter-relações podem favorecer a aprendizagem de conceitos matemáticos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37001/ripem.v10i2.2171

Palavras-chave:

Literatura infantil e matemática, dupla narrativa, narrativa verbal e visual, ilustração e matemática.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar as inter-relações entre narrativa verbal e visual na Literatura Infantil e como essas podem favorecer a aprendizagem de conceitos matemáticos. Para tanto, foi feita uma análise das ilustrações criadas para alguns Contos Clássicos Infantis das coleções Clássicos para sempre e Clássicos Ilustrados, ambas da editora Maurício de Souza, com o intuito de estabelecer se elas se colocam em relações de complementaridade ou de repetição com o texto escrito. A partir disso, buscou-se apresentar algumas possibilidades de uso da narrativa visual no processo de aprendizado de conceitos matemáticos relacionados a construção do número. O texto é perpassado, em sua inteireza, pela ideia de que, ao trabalhar a leitura de imagens, o professor investe no desenvolvimento de outras atitudes leitoras que incentivam a formação de leitores autônomos.

Referências

ALEIXO, E. A. Palavras e imagens que tecem histórias: ilustradores/escritores e a criação literária para a infância. 2014. 310 f. Tese (PPG Educação, conhecimento e inclusão social) – Faculdade de Educação, UFMG. 2014.

AMARILHA, M. Estão mortas as fadas? Literatura infantil e prática pedagógica. 6. Ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2004.

ARNOLD, D. S. Matemáticas presentes em livros de leitura: Possibilidades para a Educação Infantil. 2016. 182 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) – Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

BETTELHEIM, B. A Psicanálise dos Contos de Fadas. 34ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2017.

COELHO, N. N. Literatura Infantil: teoria, análise, didática. São Paulo: Moderna, 2000.

CUNHA, A. V. da. Guardados do baú da vovó: sobre matemática, contação de histórias e a construção do conceito de número. 2019. 104 p.: il.color. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação e Tecnologia) ― Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Pelotas, 2019.

FARIAS, M. A. Como usar a Literatura infantil na Sala de Aula. São Paulo: Contexto, 2013.

KAMII, C. A criança e o número: implicações educacionais da teoria de Piaget para a atuação com escolares de 4 a 6 anos. 35ª edição. Campinas: Papirus, 2007.

LORENZATO, S. Educação Infantil e percepção matemática. Campinas. Autores Associados LTDA, 2011.

MACHADO, A. M. Como e por que ler os clássicos universais desde cedo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

MARIA, L. de. O clube do livro. ser leitor − que diferença faz? São Paulo: Globo, 2009.

SOUSA, M. de. O patinho feio. Coleção Clássicos Ilustrados. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2016a.

_______. O soldadinho de chumbo. Coleção Clássicos Ilustrados. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2016b.

_______. O pequeno polegar. Coleção Clássicos Ilustrados. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2016c.

_______. Cachinhos Dourados. Coleção Clássicos para sempre. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2015a.

_______. Pinóquio. Coleção Clássicos para sempre. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2015b.

_______. Os três porquinhos. Coleção Clássicos para sempre. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2015c.

_______. As 12 princesas dançarinas. Coleção Clássicos para sempre. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2015d.

_______. Branca de Neve. Coleção Clássicos para sempre. São Paulo: Maurício de Souza: Girassol Brasil, 2015e.

Publicado

2020-06-11

Como Citar

da Cunha, A. V. (2020). Literatura Infantil e a Dupla Narrativa Verbal e Visual: como estas inter-relações podem favorecer a aprendizagem de conceitos matemáticos. Revista Internacional De Pesquisa Em Educação Matemática, 10(2), 154-166. https://doi.org/10.37001/ripem.v10i2.2171