REVISITANDO UM JOGO INDÍGENA PARA TRAÇAR NOVAS FORMAS DE ENSINAR MATEMÁTICA

Autores

  • Leandro Mário Lucas
  • Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro Moita
  • Lucas Henrique Viana

DOI:

https://doi.org/10.37001/EMR-RS.v.2n.21.2020.p.90-101

Resumo

Este artigo é recorte de nossa pesquisa de mestrado, em que adaptamos O ‘Jogo da Onça’ para o ensino de adição e subtração de números decimais. Seu objetivo é apresentar o percurso metodológico que trilhamos como uma nova forma de utilizar jogos de tabuleiro para o ensino de matemática. Para tanto, apresentamos os quatro jogos que criamos nesse processo, suas potencialidades educativas, os resultados pedagógicos que obtivemos com eles e detalhamos as fases da pesquisa que deu origem a este artigo - uma exploratória e outra participante -, ambas de abordagem qualitativa. Por fim, apontamos que o processo de criação/adaptação de jogos de tabuleiro a partir do cotidiano, dos saberes e das dificuldades prévias dos alunos é uma nova forma de ensinar matemática por meio desses recursos, tendo em vista as tradicionais formas pelas quais seu uso pedagógico tem se efetivado em sala de aula.

Biografia do Autor

Leandro Mário Lucas

Mestre em Ensino de Ciências e Educação Matemática (UEPB), Universidade Estadual da Paraíba(UEPB), Campina Grande-PB, Brasil. E-mail: leandrosl.pb@gmail.com.

Filomena Maria Gonçalves da Silva Cordeiro Moita

Doutora em Educação, Comunicação e Cultura (UFPB), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande-PB, Brasil. E-mail: filomena_moita@hotmail.com.

Lucas Henrique Viana

Mestre em Ensino de Ciências e Educação Matemática (UEPB), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Campina Grande-PB, Brasil. E-mail: lucash3nrique@gmail.com.

Publicado

2020-11-09